English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Suporte traseiro para a caixa de transferência by Geniva


O suporte auxiliar traseiro da caixa de transferência (T-case) é um acessório fabricado e comercializado pelo camarada Geniva e visa minimizar as famosas e indesejadas vibrações na caixa de transferência do Niva.

Para adquirir o produto  diretamente com o Geniva, acesse:


camaradageniva.blogspot.com.br




O Suporte 
T-case


O suporte é uma peça bem construída, em aço anodizado, reforçado, com soldas muito bem-feitas e furações precisas. O Kit é composto por um suporte em aço, um coxim com porcas e arruelas, além de três prisioneiros na medida adequada para substituírem os prisioneiros originais da caixa.







Devido a necessidade de furar o assoalho do carro para fixar o suporte, o ideal é verificar se as caixas estão minimamente alinhadas antes de furar, sob pena de refazer, ou alargar o furo para possíveis ajustes na hipótese da necessidade de reposicionar a T-Case.


Na impossibilidade de alinhamento das caixas por danos no assoalho, por exemplo,  o recomendável é primeiramente corrigir o problema. Uma boa opção para assoalho comprometido é usar um outro suporte do Geniva destinado a fixar e alinhar as caixas, usando as longarinas do Niva. 


A instalação do suporte T-case



1. Esgotar o óleo da caixa de transferência;

Obs: Como os furos dos prisioneiros se comunicam com o interior da caixa, o ideal é esgotar o óleo para  adequar a vedação das roscas dos prisioneiros, visando obviamente evitar vazamentos futuros.

2. Retirar as três porcas mostradas na foto abaixo. Usar desengripante na base dos prisioneiros originais e aguardar um tempo para o produto penetrar e agir. Travar duas porcas em cada prisioneiro de maneira a solta-los com auxílio de uma chave de boca de 13 mm. Na hipótese de algum prisioneiro estar emperrado, difícil de sair, tentar martela-lo por algumas vezes e utilizar um alicate de pressão para remove-lo;





3. Limpar muito bem os três furos visando eliminar todo vestígio de óleo na rosca. Isso se faz necessário para que o adesivo trava rosca funcione adequadamente;

4. Rosqueie os prisioneiros do KIT com a rosca embebida de adesivo trava rosca de torque baixo ou médio, por exemplo Loctate 242 e aguardar o período determinado para a cura completa do adesivo. O objetivo em usar o aditivo é impedir vazamentos, mesmo que pequenos, pela rosca dos prisioneiros;




Não é necessário, mas optei em trocar os prisioneiros de 8mm do KIT por outros em inox com comprimento um pouco maior, visando usar uma porca Parlock como contra porca e assim impedir que as vibrações afrouxarem as porcas. Como os furos se comunicam com o interior da caixa, tome muito cuidado para não rosquear o prisioneiro em excesso para não correr algum risco de o mesmo tocar nas engrenagens internas da caixa;



Prisioneiros do KIT ou opção por prisioneiros maiores




5. Para fixar o coxim ao assoalho do Niva é necessário antes marcar o local onde será feito o furo. Para tal, prender o suporte Geniva a caixa de transferência já com o coxim que acompanha o KIT posicionado e bem apertado no meio do rasgo de ajuste do suporte de maneira que o prisioneiro do coxim toque a lataria do carro. Com auxílio de  caneta de ponta porosa marcar o ponto onde o prisioneiro do coxim tocar o assoalho;

6. Retirar o suporte. Puncionar o local marcado e furar o assoalho com uma broca 5 mm e após com outra broca de 10 mm. O furo vai se localizar próximo a alavanca de freio;

7. Recolocar o suporte e apertar muito bem todos as porcas, inclusive as duas porcas do coxim, sendo uma pelo interior do carro;

















8. Recolocar o óleo antes retirado ou se preferir trocar o óleo da caixa. Caso opte pela troca, utilizar 0,75 litros do óleo SAE 90 GL5.


O resultado


Antes da instalação do suporte:

Meu Niva vibrava pouco. Por exemplo, na cidade em velocidades baixas praticamente não ocorriam. Em velocidades acima de 70 km/h e durante as acelerações as vibrações surgiam, porém nada muito acentuado. Se durante as vibrações eu retirasse o pé do acelerador ou engrenasse o carro em ponto morto, as vibrações diminuíam. 


Após a instalação do Suporte:

Os sintomas permaneceram os mesmos, mas as amplitudes das vibrações diminuíram bastante e a sensação de conforto ao volante melhorou, resumindo, gostei muito do resultado e recomendo a instalação da peça, logicamente o resultado vai depender da condição geral dos componentes da transmissão como, cardans, cruzetas, acoplamento elástico e em especial da integridade do assoalho onde as caixas são fixas e alinhadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário